[CIRANDA POÉTICA]
 
Tema: KHARMA - NÃO VEREI MAIS SEU ROSTO
Publicado
(Rivkah Cohen in solo) em 08/07/2010 - 20h05m
Atualizado em 15/07/2010 - 14h31m
  • KHARMA - NÃO VEREI MAIS SEU ROSTO - Rivkah Cohen
  • CONVIVER COM O KHARMA - Nídia Vargas Potsch
  • ALGO SOBRE LIVRE ARBÍTRIO - Marcial Salaverry
  • NÃO VEREI MAIS SEU ROSTO - Muriel Elisa Távora Niess Pokk
  • NÃO VEREI MAIS SEU ROSTO - Clara da Costa
  • KHARMA - NÃO VEREI MAIS SEU ROSTO - Cássia Vicente
  • "KARMA & DHARMA" - Guida Linhares
  • NÃO VEREI MAIS SEU ROSTO - Maria Thereza Neves
 
KHARMA - NÃO VEREI MAIS SEU ROSTO
Rivkah Cohen
 
Para tudo existe um tempo de vida,
onde reina, fica, se sustenta.
 
Quando é algo mau também assim transcorre
seus devidos meses, seus devidos anos,
e não anteciparão horas, mesmo que se implore!
 
Quando um, só um de nós, se recusa a se entender,
não o encontraremos de novo,
não estará mais em nossa estrada,
não fará a mesma jornada,
não veremos mais seu rosto.
 
Esta alma sentirá falta de algo,
sempre buscará "um não sei que"
que lhe tirará a calma,
deixando um vazio que fará doer.
 
Não lembrará que foi algo que dependeu dele,
mas não fez,
teve em suas mãos e de seus dedos escorreu.
 
Nas vivências existem só caminhos de ida
e minh'alma não duvida
em guardar só as alegrias
do que nesta vida, digo adeus.
 
* * *
 
CONVIVER COM O KHARMA
Nídia Vargas Potsch
 
Uma amiga me fez a pergunta:
Por que estamos sempre a estabelecer vínculos, amarras,
rotular, cobrar, sofrer, por que não deixar a vida seguir seu curso,
com o kharma de cada um?
 
Respondi-lhe da seguinte maneira:
 
O discernimento, Dom Divino, foi dado ao Homem, para que ele o usasse
da melhor maneira possível e o aplicasse a cada caso.
Deus nos deu o Livre Arbítrio para que pudéssemos escolher.
O onde, o como, o porque e qual, isso cabe a nós, homens e mulheres, resolver.
Aquilo que somos está espelhado em nossas mentes.
Não é a Vida que escolherá por nós!
Nós é que arquitetamos nosso próprio Destino, aproveitando e
 buscando as oportunidades. Quanto aos vínculos e amarras,
com eles ou sem eles, há que se cumprir o Kharma de cada um.
Ninguém está livre de cumprir seu caminho...
A grande maioria dos seres humanos já nascem com estes vínculos indisolúveis.
Caberá a cada um dialogar e entrar em entendimento com a outra parte
ou outras partes para resolver e solucionar as questões existentes durante esta vida.
porque senão, teremos que voltar em vidas subsequentes, para resgatar a pendência
ou o trauma que ficou e, poderá como é fácil imaginar,
ser muito mais difícil do que no momento atual.
O Agora, nos dá a certeza de tudo, o agora é a melhor oportunidade para
a alma progredir, por que deixar para depois?
Esta vida só a vivemos uma única vez ... com esses "personagens" que somos ...
Não haverá repetições! Poderemos não estar com as mesmas pessoas
que nos acompanham neste instante, portanto, não adianta fugir, ou se esconder ...
O melhor é enfrentar o problema de uma vez ...
Não seja escravo das circunstâncias, mas senhor de todas as situações!
O ser Humano torna-se aquilo que acredita poder ser e por isso
todos os obtáculos se afastam diante de uma corajosa determinação.
Assim conseguimos vivenciar e suplantar nossas falhas e
quaisquer Kharma que por ventura venham a nos afligir,
virando a página de nossas vidas para melhor.
Reescrevendo nossa história.
 
@Mensageir@
 
* * *
 
ALGO SOBRE LIVRE ARBÍTRIO
Marcial Salaverry
 
O que pode ser chamado de livre arbítrio? Como explicar?
 
Nosso destino que dizem estar traçado, só tem um princípio e um fim. O meio do caminho sempre vai depender de nosso livre arbítrio, sobre a maneira de o conduzir.
 
Como compreender isso, se é algo que está dentro de cada qual. Por que me apaixonei por ela? Por que ela não gostou de mim? Como explicar isso? São atitudes, que devemos saber aceitá-las ou não, pois é nosso livre arbítrio. Explicá-las, contudo, é impossível. Não se explicam sentimentos. Seja o gostar de uma pessoa, seja o gostar da vida.
 
Explicar a presença de Deus... Como? Se Ele é intangível... À luz da ciência Ele não existe. À luz da ciência, nós também não existimos, visto que a ciência não explica o aparecimento do primeiro ser vivo.
 
Nós somos meros produtos de reprodução... Sim, concordo. Mas, de onde veio o primeiro ser humano? A velha história do ovo e da galinha... Quem explica?
 
Explicar isso, é o mesmo que tentar explicar o que nós fazemos por aqui. A explicação que melhor aceito, é a de que estamos cumprindo uma missão nesta nossa passagem. Qual missão?
 
Convenhamos que é extremamente desgastante tentar encontrar certas explicações implausíveis à luz da ciência, que tudo explica (ou quase).
 
O mais correto é aceitá-las (ou não), e continuar vivendo, fazendo a nossa parte, preferencialmente procurando uma maneira de ajudar quem quiser ser ajudado, e não desejando e nem fazendo mal a ninguém, seja lá quem for. Assim agindo, certamente nos sentiremos melhor.
 
* * *
 
NÃO VEREI MAIS SEU ROSTO
Muriel Elisa Távora Niess Pokk
 
Sei que você jamais voltará,
Que não verei mais seu rosto,
Que em mim a desilusão restará
E no peito florescerá o desgosto
 
Por que você foi embora
Se nós nos amávamos tanto
Que faço sem você agora
Sem seu amor... sem seu encanto
 
Saiba que aos poucos estou morrendo
Deixo apenas a vida seu curso seguir
Sentada a beira do caminho estou vivendo,
Sem você não tenho forças para prosseguir
 
Registrado em cartório
 
* * *
 
NÃO VEREI MAIS SEU ROSTO
Clara da Costa
 
A vida nos uniu,
nossos olhos se encontraram,
senti o calor de sua mão,
o ardor de seu coração.
 
Encontros não acontecem por acaso,
muitos são karmáticos,
têm seu tempo de vida,
por isso, os desencontros.
 
Não verei mais seu rosto,
o coração descompassa,
no silêncio das recordações.
 
A saudade faz companhia,
momentos melancólicos no olhar distante,
mas a doce lembrança, será eterna.
 
* * *
 
KHARMA - NÃO VEREI MAIS SEU ROSTO
Cássia Vicente
 
kharma, não verei mais teu rosto,
não quero me sentir  mais
meu próprio algoz.
 
Vou agora decidir o que quero para mim,
chega de deixar me levar por você,
não está me fazendo feliz,
minhas decisões cabem a mim decidir.
 
Cansei de ser prisioneira deste "kharma"
que sinceramente desconheço.
 
Quero se feliz "aqui e agora" e, se desviar
do kharma, como dizem, vai me prejudicar,
que ele me desculpe, fica para mais tarde
certos resgastes que sinceramente não os
entendo e não me trazem felicidade no presente.
 
* * *
 
"KARMA & DHARMA"
Guida Linhares
K* arma, a Lei de Causa e Efeito,
A* ciona o homem em sua trajetória.
R* edime seus erros através do Dharma,
M* erecido pela concretização de boas obras,
A* nulando as ações negativas do Karma.
 
D* as circunstâncias que envolvem a vida
H* á que se ter presente o livre arbítrio
A* quele que nos leva a escolher o melhor
R* everberante em cada passo do caminho,
M* antendo a luz da razão equilibradamente
A* os anseios profundos da emoção humana.
Acróstico, com base na pesquisa:
http://www.anael.org/portugues/karma/index.htm
 
Santos/SP/Brasil
15/07/10
 
* * *
 
NÃO VEREI MAIS SEU ROSTO
Maria Thereza Neves
 
E chegou a hora, partes sem dizer adeus...
tempo não deu... como doeu!
Não foi sua escolha, foi uma chamada do céu,
na terra já havia cumprindo sua missão!
Não, não verei mais seu rosto,
lembranças jamais apagarão,
vai, fica com Deus!
 
* * *
 
 
 
 
Com esta mensagem eletrônica
seguem muitas vibrações de paz e amor
para você
Ao repassar mantenha os créditos desta mensagem