Amos Gitai

Realizador de cinema

 

 

Nasceu em Haifa em 11 de Outubro de 1950, 2º filho de Munio Weinraub e de Efratia Margalit,uma ativista sionista. O nome de família Weinraub foi alterado para a fonética hebraica como Gitai.
Em 1973, ainda estudante de arquitetura, foi mobilizado na guerra do Yon-kippur, como oficial miliciano, servindo em equipe helio-transportada de resgate. Como sua mãe lhe tinha oferecido no aniversário uma 8mm, filmou cenas passadas sob seu olhar, principalmente de hélis.
Foi no dia de seu 23º aniversário que o seu helicóptero foi abatido por um míssil sírio, sobrevivendo com mais 5 ocupantes e falecendo outro, marcando-o de tal maneira que em 1993 documentou o incidente com os sobreviventes e em 2000 realizou a ficção "Kippur"

Festivais
Cannes : Festival de Cannes 2000 - Official selection, in competition. François Chalais Award
Telluride Film Festival 2001
New York Film Festival 2001

Director: Amos Gitai
Script: Marie-Jose Sanselme , Amos Gitai
Cinematography: Renato Berta
Soundtrack: Yan Garberk
Producer: Loren Truso, Amos Gitai
Actors: Liron Levo, Tomer Russo, Uri Klauzner, Yoram Hattab, Guy Amir, Juliano Mer, Ran Kauchinsky, Kobi Livne, Liat Glick, Pini Mittleman, Meital Barda, Gidi Gov


Mais de 40 filmes efetuou até com algum senso de humor,longas tomadas com ótima movimentação de câmera, quer documentários quer ficção, sobre Médio Oriente e sua vida pessoal tal como lar, exílio,religião,controle social e utopia.
Nesta época se formou em arquitetura na Universidade Berkeley / Califórnia
Em 1979 realizou o documentário "House" em 16mm, que embora recusado pela patrocinadora TV israelita, foi na versão VHS apresentado em diversos festivais internacionais que lhe deram notoriedade.


O seu 3º documentário "Field Diary" realizado em 1983, também foi recusado pela patrocinadora TV de Israel.


Foi em França que este documentário foi completado.
No ano de 1983 que produziu "Pineapple ", uma odisséia humorística sobre a cultura de ananases e sua venda, Também "Brand New Day" sobre a "tournée"no Japão de Annie Lennox e os Eurythmics,uma crítica sobre a entrega de prêmios de Veneza,Berlim e a trilogia da lenda do Golem judaico.
Por 10 anos residiu na Europa, se fixando em França e viajando para os EUA.
Em 1986,baseado na história bíblica do Livro de Ester, realizou a sua 1ª longa metragem "Ester".
Só em 1993 Gitai regressou a Haifa com toda a sua família,após o processo de paz promovido por Ytzhak Rabin, 1º Ministro, quando começou a sua fertilidade de obras.
Durante 10 anos produziu 15 filmes tanto documentários como de ficção.Foi em 1995 que produziu a trilogia de cidades israelitas: Deviam em Tel-Aviv

     

Director: Amos Gitay

Starring: Asi Dayan, Lia Kenig, Amos Shuv, Riki Gal

,Yom Yom em Haifa

Festivals
Venice : Biennale di Venezia / Mostra d'arte cinematografica 1998 - Out-of-competition
Jerusalem : Jerusalem Film Festival 1998 - Grand prix
Nantes : Festival des 3 continents 1998 - Moshe Ivgi, Best Actor

Cast: Assi Dayan, Riki Gal, Amos Gitai, Menahem Golan, Sharon Hacohen, Maya Kadishman, Lea Keonig, Azaria Rappaport, Amos Schub, Galia Spring, Michal Zoharetz
Director: Amos Gitai

 e Kadosh em Mea Sharim (um distrito de Jerusalém de população ortodoxa judaica)

Festivais:

Cannes : Festival de Cannes 1999 - Official selection, in competition
Telluride Film Festival 2000
London : British Independent Film Awards 2000 - Best Foreign Independent Film
Rotterdam International Film Festival 2000
Singapore : Singapore International Film Festival 2000

Directed by Amos Gitai
Writing credits Eliette Abecassis, Amos Gitai

Cast:
Yael Abecassis .... Rivka
Yoram Hattab .... Meir
Meital Barda .... Malka
Uri Klauzner .... Yossef (as Uri Ran-Klausner)
Yussuf Abu-Warda .... Rav Shimon
Leah Koenig .... Elisheva (as Lea Koenig)
Sami Huri .... Yaakov
Rivka Michaeli .... Gynaecologist
Samuel Calderon .... Uncle Shmouel


Em 2000 dirigiu Kippur baseado nas suas memórias.
Em 2001,Éden e em 2002, Kedma, filmes históricos da criação de Israel sobre origens,história e campos ideológicos


Em 2003 , Alila, sobre os trabalhadores construtores de Tel-Aviv.

Título Original: Alila
Gênero: Drama
Tempo de Duração: 123 minutos
Ano de Lançamento (Israel / França):
2003
Estúdio: MP Productions
Distribuição: Celluloid Dreams / Europa Filmes
Direção: Amos Gitai
Roteiro: Amos Gitai, baseado em roteiro de Marie-Jose Sanselme e em livro de Yehoshua Kenaz
Produção: Alain Mamou-Mani
Fotografia: Renato Berta
Desenho de Produção: Miguel Markin
Direção de Arte: Miguel Markin
Figurino: Laura Dinolesko
Edição: Monica Coleman e Kobi Netael
 


Em 2004, Promise Land

Compilação de 4 filmes em DVD

 

Festivais
Veneza: Biennale di Venezia / Mostra d'arte cinematografica 2004 - In competition
,  e Free Zone, as 2 primeiras partes de uma trilogia sobre o dramatismo dos assentamentos fronteiriços
Em 2006, na continuação dos trabalhos de 1980, House, e de 1998, A House in Jerusalém, completou com News from Home / News from House, uma investigação sobre o lar de Jerusalém ocidental e seus habitantes.
Muitas retrospectivas de sua obra houve tais como no Centre Pompidou (Paris), NFT e ICA (Londres), Lincoln Center (New York), Berlin's Kunstwerk, e em cinematecas em Madrid, Jerusalém, Paris, São Paulo, Tókio, Toronto, etc...

Director: Amos Gitai

Starring: Moshe Ibgi, Hana Maron, Juliano Mar

 


 

Amos Gitai como escritor e roteirista:

Monte Carmelo
Bompiani, Milano, 2004
ISBN 8845211061
Italian

 
Em uma história lírica, acompanhada de imagens fotográficas inéditas, em grande parte de seu arquivo pessoal, Amos Gitai evoca o lugar que
se transferiu com seus pais em 1950. O Monte Carmelo transforma-se consequentemente não somente no reino mágico da infância, mas também num forte contraste, a cruz simbólica da história do homem, do povo hebraico e do conflito árabe-Israel.
Em uma linguagem lírica de uma extraordinária força evocativa, Gitai começa a entrelaçar um fino jogo de espelhos e sobreposições, história
pessoal e história sagrada, acontecimentos políticos e parábola de um povo que é sempre metáfora do destino humano, concedendo ao livro uma força iluminada que ultrapassa as fronteiras do mundo atual.

Mont Carmel
Gallimard, Paris, 2003
ISBN 2070761053
French

 
 

Parcours
Centre Pompidou, Paris, 2003
ISBN 2844262260
French, English

 

 

Amos Gitai recounts, through documentaries and fictions, the histoiry and issues of his country. An architecture student, he directs during the 1970s around thirty short films, addressing subjects which quickly narrow down to the issues of space and territories, the foundations and cinematographic principles of a filmmaker who, since then, has ceaselessly filmed places and their memory, to bring other truths to light.
From the story of a house to the observation of the persisting contradictions which characterize this land, from the wars to conquer or defend territories to the unbalanced relationships between Third World and wealthier countries, Amos Gitai has placed history, emigration and exile at the heart of his films.
The book presents a poetical path in a singular work through key images, drawn by the filmmaker from over seventy films, such as House, Wadi, Field Diary, Pineapple, Devarim, The Arena of Murder, Kadosh, Kipur, Kedma, Alila.
Containing an introductory essay by Jean-Michel Frodon, this book is completed by an annotated filmography presenting, for each film, extracts from critics of various countries. The book and the exhibition accompany the first complete retrospective of the films of Amos Gitai, which is presented by the Centre Pompidou in October 2003.

Kippour (scénario)
Arte Editions / 00h00.com, Paris, 2003
ISBN 2745404431
French

  On October 6,1973, all is quiet in Israel as it is Yom Kippur. When the war breaks out, Weinraub and his friend Ruso race out to the Golan Heights to join their unit. Chaos reigns everywhere. They cannot find their unit, so decide to join an Air Force emergency first-aid unit. A few days later, a missile shoots down their helicopter over the Golan Heights.

War of the Sons of Light Against the Sons of Darkness (The)
Mazzotta, Milano, 1993
ISBN 8820210762
English

  Prologue
On the Ingredients of "The War of the Sons of Light against the Sons of Darkness": a conversation with Amos Gitai (Elisabeth Lebovici, Stephan Levine)
The Ghetto of Venice
Gitai: The Nomadic (Alberto Farassino)
The Road to Jerusalem (Michael Yampolski)
The Rule of War on the Unleashing of the Attack of the Sons of Light against the Sons of Darkness, from "The Dead Sea Scrolls"
Credits
The War of the Sons of Light Against the Sons of Darkness, a play by Amos Gitai
Amos Gitai's Filmography

Outubro de 2006, Lisboa: 14.30 Pequeno Auditório
Bait (House) [AG]Bait (House) [AG]
de Amos Gitai | 51' Israel 1980

 
Adaptação de http://www.amosgitai.com  por: Henrique Lacerda Ramalho

Endereço do artista: agav@amosgitai.com