Considerado uma das maiores revelações do jazz moderno,

o contrabaixista, pianista e compositor israelense Avishai Cohen,

nascido em 1970, dedica sua vida à música desde os 9 anos de idade,

quando recebeu suas primeiras aulas de piano.

 

A decisão de sua família mudar-se para Nova York,

quando ele tinha 14 anos, acabou traçando

o destino deste jovem talento.

Matriculado em uma escola de jazz,

surpreendeu os professores pela técnica apurada.

Após assistir a uma apresentação de Jaco Pastorius,

Cohen desenvolve uma grande paixão pelo baixo elétrico

e se dedica a ela orientado pelo próprio Pastorius

e por Stanley Clarke. Retorna a Israel para estudar

Música e Artes em Jerusalém.

Uma breve passagem pelo exército israelense

iria adiar sua volta a Nova York.

 

O talento de Avishai Cohen aos 22 anos

não passou despercebido pelos grandes músicos

em seu retorno para Nova York.

É convidado para tocar com Paquito D´Rivera (sax),

Roy Hargrove (trompete), Joshua Redman (sax)

e Leon Parker (baterista).

O pianista panamenho Danilo Perez foi também

um dos grandes nomes da música moderna

a se render a habilidade de Cohen,

com quem lança o disco "Panamonk"

(1996;Impulse!).

Nas palavras do próprio Chick Corea

"uma surpreedente combinação de influências".

 

A primeira experiência como líder de banda

foi ao lado dos amigos Jeff Ballard (bateria),

Ravi Coltrane e Steve Wilson (sax) e Jason Lindner (piano).

A consagração de Avishai Cohen, assim pode se dizer,

veio com o convite de Chick Corea para fazer parte

da formação original da banda "Origin" e dois anos depois,

em novo trabalho com Corea, participa da banda "New Trio".

Em 1998 lança seu primeiro disco como líder, Adama (1998)

e Devotion (1999) pelo selo Stretch.

 

Seu interesse em estudar músicas e ritmos

de países latino-americanos levou-o a formar uma banda

um tanto quanto eclética e responsável por deliciosos grooves.

A International Vamp Band é composta pelos israelenses

Yagil Baras (baixo) e Avi Lebovich (trombone e vocal),

o norte-americano Eric McPherson (bateria e (vocal),

o cubano Yosvany Terry (sax tenor)

e o mexicano Diego Urcola (trompete).

 

Nos últimos anos, Cohen tem se apresentado

com as Orquestras Filarmônicas de Londres e Israel

e na The Boston Pops Symphony.

Os resultados positivos de seu envolvimento

com o mundo da música credenciou Avishai Cohen,

quando não está nos palcos, palestrar, dar aulas

e participar de workshops sobre a sua paixão por essa arte.

 

Eleito músico revelação pela revista "Down Beat"

por dois anos consecutivos (2000 e 2001),

Avishai Cohen é considerado pelos críticos norte-americanos

um visionário do jazz em proporções globais.

 

Enviado por Lu Colossi

Extraído do Trombeta/Divulgação

http://trombeta.cafemusic.com.br:80/

 

 

 

 

 

 
 
 


 
 


 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 




 




.