Nahum Sirotsky

foto:GuaracyAndrade

 

SÃO PAULO - O correspondente do Último Segundo em Israel, Nahum Sirotsky, foi agraciado nesta sexta-feira (24 Ago 2007) com a medalha do Pacificador do Exército pelos serviços prestados ao País por sua atuação como jornalista.

 

A premiação foi concedida durante uma cerimônia na embaixada do Brasil em Israel.

"O jornalismo foi minha primeira profissão e, com alguns intervalos em trabalho diplomático e assessorias, a única. Foi paixão à primeira experiência", conta Nahum.

A medalha do pacificador foi criada em  homenagem ao duque de caxias,patrono do  exercito nacional  em 1953 e é  concedida  a militares e civis,brasileiros ou estrangeiros.

Brasão do Duque de Caxias: escudo partido de dois traços e cortado de um; no primeiro as Armas de Silva, no segundo as de Affonseca ou Fonseca, no terceiro de Lima, no quarto as de Brandão, no quinto as de Soromenho, no sexto e último as de Silveira. E, por diferença, uma brica de prata com farpão de negro. Coroa de Duque

...que se tenham tornado credores de homenagem especial do Exército, por serviços a ele prestados;

Aos 82 anos, e há sete como correspondente iG, Nahum é um dos repórteres mais experientes do jornalismo brasileiro.

Nahum, que foi contratado para a reportagem geral e passou a trabalhar com Francisco Alves Pinheiro, a quem diz dever quase tudo o que aprendeu sobre jornalismo. Nahum, que até então queria ser pesquisador, acabou se apaixonando pela profissão.

Ainda em "O Globo" o jornalista fazia a cobertura do Itamaraty. Cerca de um ano depois, foi enviado para um posto no Exterior, posição considerada prestigiosa nas redações e normalmente destinada a profissionais tarimbados. Entre 1945 e 1947, Nahum foi correspondente nos Estados Unidos.

"Rodei o mundo", recorda-se ele, "conheci as maiores personalidades, da política e do crime. Sofri medo em guerra". Sobre seu gosto pelo jornalismo internacional e sua experiência na área, Nahum destaca a importância do aprendizado constante do jornalista: "Não basta saber em que consiste e como se estrutura a notícia", diz. "Vir ao Oriente Médio ignorante da sua história, do seu papel na criação da civilização, é desperdiçar dinheiro da mídia, é se perder no meio da sua complexidade".


A primeira visita de Nahum a Israel, onde vive hoje, foi em 1964, como hóspede do governo. Em 1965, voltou ao país como adido da embaixada brasileira.
(foto JairoShnaider)
Com sua passagem pelo Itamaraty, Nahum conviveu com parte da elite diplomática e intelectual do país, abrigada no Ministério das Relações Exteriores, como Roberto Campos, Edmundo Barbosa da Silva, Dias da Costa, Miguel Osório de Almeida, Guimarães Rosa, João Neves da Fontoura (seu padrinho de casamento), Sergio Frazão, Meira Penna, Sérgio Correa da Costa, Oswaldo Aranha, entre outros.

Além de "O Globo", Nahum passou pelas revistas "Manchete" e "Visão", além de ter sido responsável pelo lançamento da revista "Senhor", que revolucionou a imprensa brasileira no começo dos anos 1960 (ali começaram os jornalistas Paulo Francis e Telmo Martino e se consagrou como artista gráfico o pintor Carlos Scliar, diretor de arte da revista).

Nahum passou também pelos jornais "O Estado de S. Paulo" e "Jornal do Brasil". Hoje ele vive em Israel, de onde escreve sua coluna para o Último Segundo. O jornalista, que tem 60 anos de carreira, trabalha inclusive de madrugada para ter sempre notícias atuais. "Cada texto meu representa horas de trabalho, pesquisa e anos que passei aprendendo", diz ele.

"Nossa missão é viver e compartilhar o que vivemos para servir o leitor ou ouvinte. Aprendi com grandes mestres, brasileiros e estrangeiros, que não devemos tentar ser bússola e, sim, mapas tão bem elaborados quanto possamos traçá-los. E repassá-los para que cada um decida como ir aonde quer chegar", reflete o colunista.

(http://ultimosegundo.ig.com.br/mundo/2007/08/24/correspondente_ig_e_homenageado_com_a_medalha_do_pacificador_977623.html)

Leia aqui os artigos de Nahum Sirotsky

(Nahum Sirostsky nasceu no Rio Grande do Sul em 19de Dezembro de 1926,é o atual correspondente da Zero Hora,da RBS e do Último Segundo/IG em Israel )